Eventos da PÓS-GRADUAÇÃO/CEFOR/CÂMARA DOS DEPUTADOS, IX Jornada de Pesquisa e Extensão

Tamanho da fonte: 
MENTIRA NO DEBATE DEMOCRÁTICO: OMITIR INFORMAÇÃO É MENTIR?
Sergio Fernandes Senna Pires

Última alteração: 2018-07-13

Resumo


O interesse científico sobre a mentira surgiu em função do seu nefasto impacto nas relações humanas, na confiança e nos processos decisórios, principalmente os de nível coletivo. Seria ingênuo acreditar que a mentira não ocorre no debate democrático e que a manipulação da informação não possui funcionalidade para a persuasão das pessoas. Portanto, a questão acerca de que tipo de omissão pode ser considerada mentira sempre foi um desafio a ser superado pela reflexão científica no tema. Nesse contexto, o presente trabalho tem por objetivo apresentar uma breve revisão da literatura científica em Psicologia sobre a definição da mentira, as suas características essenciais e a discussão das circunstâncias em que uma omissão de informação, no debate democrático, pode ser considerada mentira.

 


Palavras-chave


Mentira e política; Características da mentira; Funcionalidade da mentira; Debate democrático; Omissão e mentira.

Texto completo: PDF